varadepesca varadepesca

Quais os tipos de varas de pesca?

6 minutos para ler

Uma boa vara de pesca é o equipamento mais importante de qualquer pescador. Porém, nem sempre é uma missão fácil escolher o modelo adequado, principalmente com tantos tipos de vara de pesca no mercado.

Vara de pesca com molinete, vara de pesca telescópica, vara de pesca de fibra de carbono, enfim, são inúmeras as opções – e cada uma delas pode ser mais ou menos indicada dependendo do tipo de pesca que você realiza.

Está em dúvida e sofrendo para encontrar a vara certa para suas pescarias? Siga conosco e veja as dicas que separamos!

Os diferentes tipos de varas de pesca

As varas de pesca podem variar quanto ao tipo de pescaria, ao material e também à ação e ao tamanho. Vamos ver melhor em detalhes.

Tipo de pescaria

Existem diferentes modalidades de pescaria – e para cada uma, é primordial escolher a vara certa. As principais são:

  • Baitcasting: pesca feita em barcos, com os pescadores lançando várias iscas em diferentes locais. Nesse tipo de pesca, usa-se varas curtas (em torno de 1m a 1,5m) e de ação média-rápida, desde que a pescaria ocorra em águas não profundas, como lagos e mangues. Para pesca em águas médias ou de grande profundidade, é importante uma vara longa, com mais de 4 metros e rápida ou ultra-rápida, dependendo do peixe a ser fisgado.
  • Fly Fishing: é usada isca artificial e o pescador arremessa a linha, sem a chumbada. Para esse tipo de pesca, usa-se uma vara leve, comprida e flexível, que tenha mais de 2 metros. Também é importante que a vara tenha carretilha e o uso de linha grossa. A vara de fibra de carbono costuma ser a mais usada.
  • Surfcasting: pesca de praia, praticada na areia. Usa-se varas longas, com mais de 4 metros e é importante que a vara de pesca seja pesada e lenta, conseguindo arrastar o peixe até a terra sem que a vara quebre. O material mais usado é a vara de bambu.
  • Pesca oceânica: pesca em alto mar, que usa varas de pesca específicas, de até 2 metros. Como há maior resistência da água, as varas precisam ser mais pesadas e resistentes. A vara de carbono é bem usada.

Material

Quanto ao material, as varas de pesca podem ser de:

  • Fibra de vidro: são mais pesadas, flexíveis e resistentes a envergaduras e pancadas. É ideal para pescar peixes grandes, pois aguenta muito peso e também funciona para pescadores iniciantes. A desvantagem é que ela é pouco sensível.
  • Bambu: é a vara de pesca mais conhecida, de um material natural e resistente. A vara de bambu não enverga, não enferruja e é ideal para quem pesca com iscas que ficam na superfície da água.
  • Fibra de carbono: é um material mais leve, bastante resistente e fácil de reagir, sendo ideal para pescas de arremesso.
  • Composite: vara mista de fibra de grafite e de vidro, unindo as melhores características de cada material. São varas rígidas e resistentes à tração.

Ação

A ação de uma vara de pesca indica o ponto em que a vara começa a envergar sob uma força atribuída a ela. Assim, a vara pode ser:

  • Rápida: a vara dobra o primeiro 1/3 da vara. É indicada para pescar dourado, tambacu, traíras, robalos (na pesca com jig head) e peixes de boca óssea. Essas varas proporcionam uma fisgada mais rápida e firme;
  • Média-lentas ou moderadas (médium action): dobra cerca de metade da vara. Indicada para robalos, basses, tucunarés e peixes fisgados com facilidade. Essas varas arremessam melhor as iscas artificiais pequenas;
  • Lentas (slow action): dobra progressivamente a vara inteira. Indicada para peixes com boca relativamente mole ou para iscas leves. Essas varas arremessam melhor iscas vivas à distâncias maiores.

Tamanho

As varas de pescas têm medidas em pés (‘) ou polegadas (“). Por exemplo, uma vara com 5’6” tem 5 pés e 6 polegadas, como 1 pé mede 30,48 cm e 1 polegada mede 2,54 cm, essa vara tem 165 cm ou 1,65 m de comprimento.

O tamanho da vara relaciona-se à distância do arremesso. Então, quanto maior a vara de pesca, mais longo será o arremesso. Já as varas curtas proporcionam arremessos curtos e precisos.

Varas de pesca telescópica

As varas telescópicas geralmente são de carbono, grafite e fibra de vidro, misturadas entre si, em diferentes proporções. A mistura é chamada de mix carbon. Essas varas devem ser leves e resistentes.

Varas de pesca com molinete

Essas varas apresentam passadores maiores, pois a linha sai em espiral causando maior atrito da linha com o passador. Não possuem gatilho.

Varas de pesca para carretilha

Nessas varas, os passadores são menores, pois a linha sai reta, o que causa menos atrito. A maioria das varas possui gatilho.

Varas de pesca lisa

Essas varas não têm passadores e são mais usadas em pescas de barranco, sem carretéis. Podem ser de bambu ou industrializadas.

É claro que, com tantas opções, o preço de vara de pesca pode variar bastante – e esse não deve ser o único ponto que exige atenção durante a sua compra, sendo importante encontrar um modelo adequado ao tipo de pescaria que você irá praticar.

A melhor marca de vara de pesca

Não sabe qual vara de pesca comprar? Separamos algumas das melhores opções o mercado. Confira:

  • Giant Catfish GC2 C661XXH: vara de pesca de ação extra rápida, construída com tecnologia TSC, com duas partes de fibra de carbono fundidas em uma só peça, com a parte superior maciça e a inferior tubular. O seu cabo é anatômico e é um equipamento confiável, forte e resistente. Possui passadores duplos reforçados proporcionalmente posicionados para facilitar longos arremessos. É ideal para a pesca de grandes peixes de couro.
  • Lumis Fortex Spin: melhor vara de pesca de ação rápida, indicada para iscas naturais e artificiais. Ideal para pescar em lagos, rios, costas e canais. Oferece boa estabilidade e firmeza durante a pescaria.
  • Evolution S561MH, Marine Sports: ótima vara de ação média. É leve, tem um cabo ergonômico em EVA e foi produzida tanto para carretilha como para molinete. Possui passadores e ponteira Fuji e corpo sólido.
  • Daiwa Laguna LAG 561M: excelente vara de ação lenta. Possui corpo em grafite IM-6 de alto desempenho. É leve e resistente, com passadores com anéis em óxido de alumínio com alto poder de dissipação de calor, ideal para pescas com iscas artificiais      tanto em água doce como salgada.
  • Daiwa Strikeforce SF602MHRB: excelente custo-benefício, é leve e sensível e oferece ótima sensibilidade e durabilidade. É dividida em duas partes, facilitando o transporte.

Depois de todas essas dicas e diferentes tipos de varas de pesca, ficou mais fácil escolher a sua? Se você gostou deste post, assine a nossa newsletter e receba as novidades do blog diretamente no seu e-mail.

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Como posso te ajudar?