transportar barco para pesca transportar barco para pesca

Como transportar barco para pesca: dicas essenciais

5 minutos para ler

Muitas pessoas se sentem receosas de comprar uma lancha ou barco para ir pescar em algo mar pois precisariam “guardar o transporte em uma marina ou clube náutico”. No entanto, isso não é verdade. Pela lei, lanchas de até 22 pés (o que dá mais ou menos seis ou sete metros) não precisam ser guardados em vagas nesses lugares. Quem sabe como transportar barco para pesca poderá guardá-lo em sua casa ou na garagem de um prédio para poder levá-lo para o mar quando for pescar somente.

No entanto, para isso é necessário saber como transportar barco para pesca, ter o equipamento correto para isso e, claro, seguir todas as determinações e regulamentações criadas para manter a segurança na pista. Fazendo isso, entretanto, será possível levar seu barco para ir até o litoral e pescar com ele sem problemas e sem precisar guardá-lo em um clube náutico ou marina.

E aí, quer aprender como transportar barco para pesca? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Como transportar barco para pesca em 3 passos

1. Tenha o carro certo para isso

Muita gente acha que basta comprar um SUV robusto, como um dos carros Jeep mais populares (o Renegade, por exemplo), e você consegue transportar um barco de pesca ou uma lancha pequena até o litoral. Isso não é verdade, especialmente com barcos um pouquinho maiores.

Para poder transportar um equipamento do tipo, é necessário uma carreta de pequeno porte, com potência e capacidade de carga o suficiente para conseguir aguentar o barco e levá-lo do jeito certo.

Na verdade, a carreta certa dependerá do barco. Quanto maior ele for, mais potente deverá ser a carreta. No entanto, lembre-se de que o limite máximo do barco que pode ser transportado é de 22 pés. Não tente levar uma embarcação maior do que isso que você terá problemas.

Em segundo lugar, será necessario ter em mente o material da carreta. Normalmente, elas são feitas de aço galvanizado a fogo ou alumínio. Nesse caso, é importante evitar o contato com a água do mar. Por isso, antes de colocar o barco para ser transportado, lave-o bem com água corrente para que nenhuma gotinha de água do mar entre em contato com o material e cause uma reação indesejável.

Caso você não tenha uma carreta nesses moldes, a melhor opção é tentar alugar uma para o transporte do barco ou ver alguma empresa que faça esse serviço para você. Dependendo do valor cobrado, ainda pode ser algo mais em conta do que alugar uma vaga em uma marina ou clube náutico.

2. Confira o que a legislação diz sobre o assunto

Quem rege o transporte de barcos pelas estradas brasileiras é o Código Nacional de Trânsito, uma vez que a legislação náutica (representada pela Lei Federal nº 9.537/97) não determina nenhuma regra para o transporte de embarcações na malha rodoviária.

Por isso, em termos jurídicos, é essencial que a pessoa que estiver fazendo o transporte esteja de posse dos documentos da carreta e do barco durante todo o trajeto, já que ela pode ser parada pela polícia rodoviária a qualquer momento. Por isso, a documentação ajuda a garantir que nenhum problema ocorrerá nessa hora.

Em segundo lugar, é necessário que a carreta que fará o trabalho esteja devidamente licenciada e que o barco esteja muito bem amarrado à carreta, para não ter risco de soltar na estrada. O policial rodoviário que fizer a inspeção do transporte verificará tudo isso.

3. Prepare o barco para ser levado

Quando for transportar o barco, entenda que será necessário levá-lo tanto na ida, quanto na volta. Claro, se a ideia é transportar o barco de pesca para deixá-lo em algum lugar, então não haverá uma volta. No entanto, caso não seja o objetivo, então você precisará planejar duas viagens.

Pensando nisso, é vital que você consiga preparar o barco para ser transportado. Em primeiro lugar, veja se ele está em ordem, se não há algum problema, se será preciso algum ajuste ou trabalho na embarcação. Caso seja necessário algum toque, faça isso antes do transporte, já que o barco pode não aguentar os trancos da estrada.

Depois, dê um banho bem dado no barco. Mesmo que ele aguente a água com sal do mar, a carreta pode não aguentar. Portanto, é importante limpá-lo bastante e, se for o caso, até usar um sabão próprio para aquele material.

Esses são os segredos de como transportar barco para pesca com uma carreta ou carro semelhante. Lembre-se de sempre seguir o que a legislação diz e comparar todo esse trabalho com o valor pago para estar com o barco em um clube náutico ou marina. Às vezes, dependendo dos custos para fazer o transporte, mais vale a pena deixar no clube náutico mesmo, não é verdade?

E aí, gostou do conteúdo? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião!

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Como posso te ajudar?