quadriciclo quadriciclo

Quem pode pilotar um quadriciclo?

6 minutos para ler

Fazer um passeio de quadriciclo é super divertido – e uma ótima pedida para quem adora adrenalina ou desvendar a natureza de uma forma diferente. Porém, você sabia que existem regras para pilotar esses veículos?

Por ser um veículo automotor como qualquer outro, existem legislações e resoluções do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) que precisam ser seguidas. Quer saber quais são elas? Siga com a gente!

O que é um quadriciclo?

O quadriciclo é um veículo utilitário, capaz de rodar em diferentes terrenos, que é apoiado em quatro rodas. O modelo tradicional é aquele que possui um guidão e uma posição de pilotar semelhante a uma moto.

É possível que o quadriciclo tenha uma mecânica semelhante a de uma moto ou específica, dependendo do uso que será feito do modelo. Existem, ainda, versões que evoluíram a partir do quadriciclo, como os ATVs ou UTVs, que usam volantes e se aproximam mais de um automóvel.

Nos últimos anos, o mercado de quadriciclos cresceu bastante, tornando o veículo uma alternativa de lazer e diversão para toda a família.

Quais as regras para pilotar um quadriciclo?

Desde 2015, o Contran regularizou o uso dos quadriciclos, especialmente graças à crescente popularização desse tipo de veículo no país. Desde então, é obrigatória a presença de carteira de motorista para pilotar um quadriciclo.

A exigência está presente no artigo 153 do Contran, liberado na Resolução 573/15. Além de ter carteira de motorista, é necessário que os condutores tenham a habilitação B (para veículos motorizados) e, claro, sejam maiores de 18 anos.

Emplacamento de quadriciclo

A mesma resolução do Contran obriga que seja realizado o emplacamento do quadriciclo na sua parte traseira, da mesma forma que acontece com as motocicletas. E, por ser um veículo emplacado, ele está sujeito ao pagamento das taxas anuais do Detran, como DPVAT e IPVA.

Pode andar de quadriciclo na cidade?

Sim, o quadriciclo pode rodar na cidade. Mas, para isso, precisa estar devidamente emplacado. Também é obrigatório que motorista e passageiro usem capacete com viseira.

Mas, atenção, embora o quadriciclo possa rodar na cidade, ele não pode circular em rodovias estaduais e nem federais.

Equipamentos obrigatórios

Para que o quadriciclo possa rodar dentro da lei é obrigatório que ele tenha:

  • farol dianteiro de cor amarela ou branca;
  • lanterna na parte traseira e lanterna de freio (ambas em vermelho);
  • indicadores luminosos dianteiros e traseiros de mudança de direção;
  • espelhos retrovisores de ambos os lados;
  • velocímetro;
  • iluminação de placa traseira;
  • buzina;
  • pneus específicos para quadriciclos que ofereçam condições mínimas de segurança;
  • dispositivo de controle de ruído do motor e protetor de rodas na parte traseira.

Essas regras que citamos no tópico devem ser seguidas todas as vezes que você for pilotar seu quadriciclo, mesmo que vá usá-lo apenas em áreas restritas (por exemplo condomínios, fazendas, sítios e praias). Caso não cumpra as exigências, o condutor está sujeito às sanções legais, como multa, pontos na carteira e até a apreensão do veículo.

Quanto custa um quadriciclo?

O valor de um quadriciclo varia muito, dependendo do modelo, da potência do motor, se é uma versão 4×4 off road ou não e também se o quadriciclo é novo ou usado, além da marca do equipamento.

Modelos novos podem ser encontrados a partir de R$45 mil chegando a até R$100 mil. Já os modelos usados são mais acessíveis. De acordo com a Tabela Fipe, por exemplo, um quadriciclo 2018 pode ser encontrado por R$36 mil. Lembrando que esses valores também variam dependendo da concessionária e da região onde você mora.

Como escolher um quadriciclo?

Depois de ver todas essas informações, está sonhando em comprar seu quadriciclo? Então descubra o que comparar entre os modelos para escolher o ideal para você e suas aventuras!

Off-road ou On-road

O primeiro passo na hora de escolher um quadriciclo é analisar onde você irá usá-lo e com qual finalidade. O que muda entre os modelos off-road e on-road são, basicamente: pneus, tração e potência.

Caso vá pegar trilhas e usar o veículo em terrenos irregulares, prefira os modelos off-road (de preferência os 4×4, que falaremos mais abaixo). Os quadriciclos também podem ser usados como veículos utilitários, como na agricultura, permitindo acessar terrenos mais complexos, ou no policiamento e patrulhamento de áreas remotas.

Sistema 4×4

O sistema 4×4 é muito indicado para quem vai trafegar por áreas irregulares, como trilhas, montanhas e areias. Esse sistema também é conhecido como tração nas quatro rodas e ajuda a distribuir a força do motor de maneira igual em todas as rodas, o que traz mais segurança ao motorista na hora de fazer as manobras. Além disso, reduz os riscos de encalhar, como ao atravessar terrenos com lama.

São quadriciclos com mais marchas, versões modernas, equipados até mesmo com direção hidráulica, deixando a condução mais leve até em terrenos difíceis, como locais enlameados e alagados.

Utilitários 4×2

Também chamados de “Utility Quad”, esses quadriciclos não possuem tração nas 4 rodas e contam com uma suspensão um pouco mais dura, além de carenagens maiores, bagageiros mais espaçosos e motores 4 tempos. São opções com menor quantidade de marchas, pesados e maiores – ideais para usos em terrenos acidentados, como sítios e fazendas e também para atividades de lazer como trilhas leves.

Versão Sport

Os quadriciclos Sport são recomendados para terrenos totalmente regulares. Eles são mais leves e rápidos, com motor de 4 tempos e câmbio manual ou semiautomático (algumas versões, no entanto, podem ter câmbio automático). O motor tem mais potência, voltada à aceleração. É ideal para terrenos e trilhas sem obstáculos e de baixa dificuldade.

Existem versões com suspensão de longo curso, perfeitas para usos em pistas do tipo Cross.

Transmissão

Você encontra quadriciclos monomarcha, com uma marcha única, e com várias marchas. A versão monomarcha é ideal para quem deseja economizar combustível, já que não força tanto o motor. Mas, a escolha depende muito de onde você usará o equipamento.

Cilindrada

A cilindrada expressa a potência do quadriciclo. Quanto maior ela for, mais rápido o veículo irá andar. Essa escolha também deve considerar o terreno onde o quadriciclo irá ser usado e por quem ele será pilotado.

Modo de partida

Você encontra duas possibilidades, os quadriciclos com partida manual ou elétrica. No primeiro caso, será preciso puxar uma cordinha para fazer o motor funcionar, sendo algo mais trabalhoso e complexo. No segundo caso, é só apertar colocar a chave na ignição e apertar o botão.

Depois dessas dicas, você já sabe tudo sobre quadriciclo? Conheça o Quadriciclo Furia 250, um modelo leve e de alto desempenho para uso off-road!

Posts relacionados

Deixe um comentário