lancha usada barata lancha usada barata

Quanto custa uma lancha usada barata?

7 minutos para ler

Sonha em ter uma lancha, mas não tem o valor para comprar uma nova? A boa notícia é que existem boas opções de lancha usada barata. Mas, para isso, é indispensável saber escolher corretamente. Principalmente, considerando o estado de manutenção da lancha. E, claro, comprando de um vendedor de procedência.

Está decidido a comprar uma lancha? Então confira as dicas e informações que a Moto Oeste separou!

Lancha usada barata: qual o valor de uma lancha simples?

É possível encontrar uma lancha usada barata a partir de R$180 mil. As versões sem cabine podem ser ainda mais em conta, em torno de R$120 mil.

Apesar desse valor médio, é possível encontrar lanchas bem simples que custam menos de R$50 mil. Um exemplo é a XSpeed 120, da Murano Yatchs. Ela é considerada a menor lancha de fibra do Brasil e custa menos de R$40 mil.

Tem um design capaz de acomodar 4 adultos e uma posição de pilotagem agradável, além de um casco eficiente e de poder ser transportada em uma carreta de jet, dispensando os gastos com a marina.

De forma geral, as lanchas de passeio, de proa aberta, costumam ser mais baratas do que as lanchas cabinadas. As de proa aberta oferecem mais espaço a bordo para passeios diurnos e as cabinadas são ideais para quem deseja pernoitar.

Essas embarcações de pequeno porte também são usadas para a prática de esportes aquáticos e até mesmo para a pesca.

Um detalhe importante é que as lanchas de até 23 pés (geralmente o tamanho das lanchas de passeio) podem ser rebocadas em carretas rodoviárias. Isso reduz os custos de manutenção, pois você não precisará deixar a lancha em uma marina.

Já as lanchas de passeio e pernoite de médio porte, entre 30 a 50 pés, costumam custar mais caro, partindo de R$500 mil. Os iates são as lanchas acima de 50 pés e com custo mínimo em torno de R$ 5 milhões.

Se a ideia é comprar uma lancha para pesca, existem modelos específicos, normalmente de até 40 pés e que costumam ser encontrados por volta dos R$5 mil.

Quais são as lanchas mais vendidas no Brasil?

Na hora de comprar uma lancha usada e barata, é importante pensar, sobretudo, na confiança da marca. Escolher uma opção muito barata, mas que não tenha qualidade suficiente, poderá lhe trazer dor de cabeça futura, com manutenções frequentes.

Isso tudo pode fazer com que o preço da lancha barata saia mais caro do que comprar uma lancha de uma marca conhecida e confiável.

Abaixo separamos as marcas e lanchas mais vendidas no Brasil para você conhecer.

Fibrafort

A Fibrafort é uma marca nacional e muito conceituada na fabricação de lanchas de passeio. Foi fundada em 1990, em Santa Catarina e é a maior fabricante de lanchas da América do Sul, estando presente em 46 países.

A marca é focada na comercialização de barcos de 16 a 42 pés. Suas lanchas são conhecidas pelo nome da linha, Focker. As mais vendidas são:

  • Focker 160, perfeita para quem deseja simplicidade e qualidade. É um modelo compacto que dispensa o uso de marina;
  • Focker 242 GTO, modelo arrojado e moderno que garante uma experiência sofisticada. Possui motor de centro, amplo espaço na proa e chaise;
  • Focker 272 GTO, apresenta escada de popa, abriga até 14 pessoas e é uma excelente lancha esportiva;
  • Focker 377 Gran Turismo, tem um design diferenciado, entregando uma experiência superior. É uma lancha cabinada e com acabamento fino.

Sessa Marine

A Sessa Marine é uma marca italiana muito conceituada, fundada em 1958. Não à toa é uma das quatro maiores marcas do setor na Europa, sendo conhecida por trazer as principais tendências do mercado de lanchas.

Os principais modelos são:

  • C36, uma embarcação confortável que permite dividir a sala para criar duas cabines, ambas com bastante espaço;
  • C40, modelo mais sofisticado, com excelente espaço interno e duas cabines;
  • C42, tem um layout diferenciado, com espaço gourmet na popa, janelas panorâmicas e portas de vidro.

Azimut Yachts

É uma marca italiana criada por Paolo Vitelli em 1969, sendo um dos nomes fortes no mercado de veleiros, barcos, iates e lanchas, com tradição nos barcos à vela.

Os principais modelos de lanchas da marca são:

  • Azimut 50, com espaço gourmet, popa grande e sofá centralizado, oferecendo mais conforto aos usuários;
  • Azimut 62, focado para o mercado de luxo, com mais de 150 m² de área livre, suítes, lounges, áreas privativas e muito mais.

Quanto custa manter uma lancha?

Além de escolher a lancha, é preciso analisar o quanto você irá gastar para manter a embarcação.

Como explicamos, se você comprar uma lancha pequena (até 23 pés), não precisará gastar com marina, porque poderá rebocá-la em uma carreta. Caso contrário, terá de adicionar esse valor aos custos mensais de manutenção do barco.

Caso contrário, será preciso deixar a lancha em uma marina. O valor médio no Brasil é de R$50 mensais por pé da embarcação. Então, se você tiver uma lancha de 30 pés, por exemplo, o valor mensal será de R$1.500.

Além desse ponto, será preciso investir em:

  • combustível, que varia conforme o uso que você fará da lancha e do quanto a embarcação consome;
  • manutenção periódica, que depende do tamanho do seu barco. Para lanchas de 20 a 30 pés, o valor médio é em torno de R$1200 a cada seis meses;
  • documentação, já que, ao comprar a lancha, você terá que providenciar a transferência do documento, que deve ser efetuado em até 15 dias após a data de emissão do recibo de compra. Caso esse seja seu primeiro barco, terá de providenciar carteira de habilitação, além disso precisará de título de inscrição da embarcação, termo de responsabilidade e seguro obrigatório.

O que preciso saber antes de comprar uma lancha?

Agora que você já sabe quanto custa uma lancha usada barata, está com dúvidas na hora de escolher o modelo ideal? Veja algumas dicas que separamos:

  • pense em para que você irá usar a lancha, optando por um modelo compatível com esse uso;
  • analise se precisará de uma lancha cabinada ou não, considerando quantas pessoas pretende transportar e se precisará pernoitar;
  • pense na distância média que pretende navegar e onde irá navegar. Barcos menores (até 24 pés) não devem navegar em mar aberto, apenas em águas abrigadas, como lagos, baías e canais;
  • além de pensar no valor da lancha, considere também o que irá gastar com impostos, documentos de licença, carteira de habilitação e outros itens burocráticos;
  • pesquise sobre formas de financiamento, que podem ser aceitas por algumas empresas;
  • compare o valor da lancha nova e usada e pense no custo-benefício que cada opção apresenta, especialmente os custos de manutenção;
  • sempre que possível, teste a embarcação na água antes de comprar, principalmente em caso de lanchas usadas;
  • caso não tenha experiência, leve junto um marujo ou alguém de confiança que conheça embarcações para ajudar a avaliar a lancha usada.

Além de todas essas dicas, é muito importante contar com uma empresa de confiança, como a Moto Oeste. Somos uma loja náutica online, com opções para todos os públicos e possibilidade de financiamento. Entre em contato e encontre a lancha dos seus sonhos por um preço que cabe no seu bolso!

Posts relacionados

Deixe um comentário