Motor Eletrico para Barco Motor Eletrico para Barco

Saiba como escolher o motor elétrico para o barco

7 minutos para ler

O motor elétrico é um acessório de primeira necessidade para um pescador esportivo. Além da navegação em barcos de apoio em embarcações maiores, eles são fundamentais para o sucesso de uma boa pescaria.

Com um bom motor elétrico, seu barco poderá ganhar mais velocidade, economizar com combustível e ter um deslocamento silencioso, evitando espantar os peixes.

Está com dificuldades para escolher o motor elétrico para barco? A gente te ajuda!

O que é o motor elétrico e quais suas vantagens?

O motor elétrico é um equipamento capaz de transformar a energia elétrica em energia mecânica.

Esse tipo de motor é ideal para quem pesca em rios ou mar tranquilos, porque ele não faz barulho e acaba não espantando os peixes. Além disso, ele consegue desviar dos obstáculos mais rápido, como galhadas e pedras que ficam no fundo do rio.

Há alguns anos, não era possível encontrar motor elétrico para água salgada, apenas para água doce, mas isso já está mudando. Uma dica importante para pescarias no mar é marinizar o motor elétrico, assim você evita o superaquecimento e a corrosão.

Ainda sobre as vantagens do motor elétrico, não poderíamos deixar de citar a sustentabilidade, afinal, esse tipo de motor não polui, pois não precisa de combustível. Como ele é elétrico, é movido a baterias.

Você pode usar as baterias de carro no seu motor, porém, a recomendação é usar um modelo próprio, chamado de ciclo profundo. Essa bateria tem a característica de ter uma duração prolongada, conforme a força da corrente elétrica é maior. E quem tem um caiaque de pesca também pode investir no motor elétrico. Com essa “ajuda”, seu caiaque poderá chegar em locais com corredeiras que não podem ser acessados por outros tipos de barcos.

Como escolher o motor elétrico?

Já está convencido de que o motor elétrico é um aliado importante do seu barco de pesca? Nós separamos as dicas mais importantes para você escolher o motor certo!

Motor de popa ou centro rabeta

O motor de popa é aquele que se prende à popa de um barco. Ele é o mais indicado para os barcos menores, oferecendo um bom posicionamento e aplicação de pesca.

Esse tipo de motor ocupa menos espaço, contudo, ele concentra seu peso na rabeira do barco, o que pode influenciar de modo negativo a performance da embarcação.

O centro-rabeta, por sua vez, divide melhor o peso, mantendo o equilíbrio da embarcação e permitindo um melhor desempenho. Tanto o motor de popa, como o centro-rabeta podem ser aproveitados em duplas, porém, nessa configuração, ocupam mais espaço.

O motor de popa é usado em lanchas de pesca e passeio, com dimensões de até 26 pés. Ele também é o mais indicado para quem deseja navegar constantemente em regiões de baixa profundidade, porque seu trim pode ser completamente elevado e até mesmo retirado da água, se necessário.

Se você está em busca de um motor que não ocupe espaço útil do barco, o centro-rabeta é o mais indicado. As lanchas de pesca, por exemplo, são muito beneficiadas com esse motor, porque ganham mais espaço útil na popa, já que o motor fica embutido no casco.

Empuxo

O poder de empuxo está ligado a quantidade de força necessária para mover o barco pela água. Quanto maior for esse poder, mais fácil será manobrar o barco. O contrário também acontece. Quando o poder de empuxo é muito baixo, é complicado trabalhar o barco em condições difíceis, como áreas com obstáculos ou ondas altas.

Além disso, o poder de empuxo está totalmente relacionado com o tamanho da sua embarcação. Se você tiver um caiaque de pesca ou um barco pequeno, com menos de 12 pés, ele precisará de cerca de 30 libras de potência de empuxo para operar. Os barcos com mais de 22 pés, precisam de um poder de empuxo de 101 libras para funcionar.

Baterias e tensão do motor

A maioria dos motores elétricos de pesca estão disponíveis em 3 sistemas de energia diferentes: 12, 24 ou 36 volts. Um motor de 12 volts usa uma bateria de ciclo profundo também de 12 volts, enquanto um motor de 24 volts, usa duas baterias de 12 volts para operar e o motor de 36 volts, usa 3 baterias.

Os motores de 24 ou 36 volts são os que permitem pescar por longos períodos, elas conseguem aumentar o poder de empuxo e garantem uma condução mais suave na água.

Se você tem um barco pequeno, menor que 12 pés, pode usar o motor de 12 volts. Mas, para barcos maiores, o ideal é um motor de 24 ou de 36 volts, garantindo um funcionamento sem problemas.

É muito importante sempre comprar baterias de qualidade, obtendo a máxima potência do seu barco. Nós já falamos neste conteúdo que você pode usar bateria de carro, porém, elas terão uma durabilidade menor. 

Ao usar a bateria de ciclo profundo, específica para motor elétrico, você reduz os custos com manutenção e evita situações desagradáveis, por exemplo, ficando encalhado porque seu motor superaqueceu.

Potência

A potência está diretamente relacionada ao tamanho do seu barco. Para barcos com 4 a 5 metros de comprimento, os motores a partir de 30 libras já são suficientes. Mas caso seu barco seja maior, ou você for levar uma carga mais pesada, precisará de um motor elétrico mais potente, por exemplo entre 34 a 36 libras. Os motores acima de 40 libras são usados para os barcos mais pesados.

Motor de controle de mão ou de pé

O tamanho do barco e o estilo de navegação determinam o tipo de motor necessário. Os motores de controle de pé permitem uma experiência de navegação com as mãos livres. Os iniciantes que precisam de um motor fácil de operar, devem optar por esse modelo.

Porém, os motores de pé acabam ocupando mais espaço e tornam mais difícil operar quando há mais pessoas no barco. Esse motor também tem uma taxa de resposta menor que outros modelos.

Os motores de controle manual permitem uma resposta em tempo real, ajudando a manobrar de forma mais eficiente. Ele também é ideal para usar quando houver mais pessoas no convés. Contudo, é um pouco mais complicado de operar e indicado para pescadores experientes.

Manutenção

A manutenção do motor elétrico deve ser realizada a cada seis meses, dependendo do uso. Além da revisão, no dia a dia, é importante lavar o motor com água doce depois de cada pescaria. Após a secagem, aplique uma camada fina de silicone spray que ajuda a proteger a pintura e as partes metálicas expostas.

Nunca jogue água com pressão na cabeça do motor elétrico, pois a água poderá descer pela haste e se alojar dentro da unidade de potência do motor (torpedo), causando estragos. Passe apenas um pano umedecido na região.

Mantenha sempre limpas as garras ou terminais de conexão à bateria. Periodicamente tire a hélice e observe se o eixo está livre de qualquer coisa que possa comprometer o rendimento do motor, como linha, plástico, mato etc.

Agora você já sabe tudo sobre motor elétrico? Aproveite e assine nossa newsletter para receber as novidades do blog diretamente no seu e-mail!

Posts relacionados

Deixe um comentário