Qual o melhor motor de popa: Mercury ou Yamaha?

5 minutos para ler

Quando o assunto é motor de popa, uma das dúvidas mais recorrentes é em relação à marca. Afinal, qual a melhor opção: motor de popa Mercury ou motor de popa Yamaha?

Já adiantamos que ambas são excelentes marcas – e que mais importante do que essa “rixa” é escolher um motor que seja adequado ao seu barco e ao estilo de navegação que você terá.

Quer descobrir qual marca é melhor e entender como escolher seu motor de popa? Siga lendo este conteúdo!

Motor de popa Mercury

A Mercury é uma empresa de tradição, produzindo motores de popa desde 1939. Hoje ela é uma das maiores produtoras mundiais de motores de popa e outros equipamentos náuticos, conhecida pela sua inovação, com produtos com boa performance, confiáveis e com baixo consumo de combustível.

Assim, o motor de popa Mercury é uma excelente alternativa para quem está de olho no custo-benefício, já que esses motores costumam ser mais baratos do que os da Yamaha – e não deixam nada a desejar.

A linha de motores de popa da Mercury é bastante completa, com opções que vão de 3,3 HP até 600 HP.

De forma geral, o motor de popa Mercury é mais procurado por quem não pesca muito frequentemente (de 2 a 3 vezes por mês), está em busca de um motor de qualidade e durável, mas que não custe muito caro, que seja potente e robusto –e, principalmente, que seja econômico.

Motor de popa Yamaha

A Yamaha é uma marca muito conhecida dos brasileiros – e por isso uma das mais vendidas em termos de motores de popa. A marca japonesa começou suas atividades em 1955, com a fabricação de motocicletas. Foi só em 1960, usando a sua experiência em motores de moto, que ela começou a fabricar também os motores de popa.

Hoje a Yamaha conta com uma grande variedade de motores 2 tempos e 4 tempos, que variam de 4 a até 300 HP, para equipar barcos de todas as finalidades.

Em geral, o motor de popa Yamaha é mais procurado por quem usa o barco com frequência (por exemplo quem pesca várias vezes no mês ou na semana) e deseja um motor mais leve, com manutenção mais barata e mais facilidade em encontrar peças de reposição, já que a marca é bastante conhecida no país – e com distribuidoras em diferentes cidades.

Normalmente, os motores Yamaha custam mais caro que os da Mercury, porém a marca oferece um excelente pós-venda e uma cobertura nacional maior, além de ser mais fácil de revender, quando quiser trocar seu motor usado por um novo.

Como escolher motor de popa

Além da marca, é claro, existem outros pontos muito importantes que você precisa considerar quando for escolher o seu motor de popa. Veja as dicas que separamos.

2 tempos ou 4 tempos

As características dos motores são diferentes. O motor de popa 2 tempos tem aceleração mais rápida, é carburado e o mais usado em pescaria.  O motor de popa 4 tempos é mais econômico e polui menos. É uma versão mais tecnológica, que funciona com injeção eletrônica e indicado para quem usa o barco com maior frequência.

Motor de popa elétrico ou combustão

O motor de popa elétrico é uma alternativa interessante para quem deseja agredir menos o meio ambiente. Além disso, ele é mais silencioso, ideal para pescaria (por não assustar os peixes) e é mais rápido para desviar de obstáculos.

Já o motor a combustão costuma ser mais leve, fácil de abastecer e ideal para navegação em mar aberto. O tipo de combustível dependerá do tamanho do seu barco. Os barcos com até 40 pés (10 metros), podem usar o motor a gasolina, os maiores que isso devem usar motores a diesel, que são mais potentes e econômicos.

Potência do motor

A potência é que fará com que seu barco tenha um bom desenvolvimento durante a navegação. Ela está relacionada ao quanto de velocidade você quer atingir com a embarcação. Motores mais potentes andam mais rápido. Mas é preciso respeitar o limite de potência permitido pelo seu barco. Em geral, os motores de popa vão de 3 a até 400 HP, porém, os mais usados são: 15 HP, 25 HP, 30 HP e 40 HP.

Quando for decidir pela potência, pense no peso que seu barco terá de carregar. Além dos passageiros, adicione, por exemplo, a tralha de pesca e os demais equipamentos. Sempre calcule uma potência ligeiramente maior.

Assistência técnica

Ao comparar as marcas de motor de popa, sempre confira a rede de assistência técnica – e verifique se ela está próxima de você. Afinal, todos os motores precisam de manutenção periódica.

Outros pontos

Além desses pontos, há outros que você deve considerar, como:

  • rotação máxima;
  • potência real;
  • cilindradas;
  • sistema de ignição e de alimentação;
  • partida;
  • capacidade do alternador;
  • peso;
  • comando;
  • câmbio;
  • óleo do motor;
  • tanque de combustível;
  • consumo médio;
  • altura do espelho da popa;
  • hélice;
  • número de cilindros.

A partir dessa análise completa, você será capaz de comparar dois ou mais motores de diferentes marcas e encontrar o que seja mais indicado para a sua realidade, seu barco e o uso que fará dele. De qualquer forma, tanto o motor de popa Mercury como o motor de popa Yamaha são excelentes alternativas.

Que tal colocar nossas dicas em prática? Veja as opções em motor de popa na Moto Oeste!

Posts relacionados

Deixe um comentário