bombordo e boreste bombordo e boreste

O que é bombordo e boreste?

4 minutos para ler

A terminologia náutica pode deixar muitos marinheiros de primeira viagem perdidos. Uma dúvida comum é sobre as diferenças entre bombordo e boreste.

Se você não sabe o significado desses termos e nem outros pontos importantes relacionados a eles, continue lendo este artigo!

O que é bombordo e boreste?

Os lados do navio são chamados de bordos. Assim, temos bombordo, que é o bordo à esquerda e boreste, que é o bordo à direita do rumo da embarcação.

Desde os primórdios da história marítima, o boreste é o mais importante, por ter sido, originalmente, o lado do leme. No início, as embarcações eram simples canoas de madeira, muitas vezes produzidas com um tronco de madeira apenas.

Nelas, os canoeiros, a maioria destros, remavam e guiavam suas canoas com o remo, posicionados juntos à alheta pelo lado da mão direita (olhando-se para o vante da embarcação).

Conforme surgiram as embarcações maiores, o remo de direção se manteve na mesma posição, apenas alargando-se, tomando a forma de uma estaca de madeira. Os antigos navegantes chamavam essa peça, que funcionava como um leme, de “staurr”, que os ingleses herdaram como “steor” (depois chamado de “steer”).

Dessa forma, o bordo onde estava o leme era denominado de steorbord que, posteriormente, evoluiu para starboard. Essa denominação chegou ao idioma português como estibordo.

No Brasil, o termo foi alterado para boreste no início do século XX, por meio do Aviso do Almirante Alexandrino, Ministro da Marinha, evitando a confusão com a palavra bombordo, durante as manobras.

Quais as luzes de navegação bombordo e boreste?

As luzes de navegação também mudam para indicar o bombordo e boreste da embarcação.

A cor situada a bombordo de um navio é vermelha/encarnada. Para não esquecer, uma dica bacana é pensar que vermelho é a cor do coração. A cor situada a boreste é verde.

A luz verde boreste é avistada desde a proa da embarcação até 112,5º a boreste. A luz encarnada de bombordo é avistada desde a proa da embarcação até 112,5º a bombordo.

A luz de alcançado é branca e avistada pela popa em um setor de 135º. A luz de mastro (motoração) também é branca e avistada pela proa em um setor de 225º.

Se um veleiro estiver velejando (impulsionado pelas suas velas), ele deve exibir as luzes de bordo (verde e vermelha) e alcançado na altura do convés. Outra possibilidade é exibir uma lâmpada tricolor (verde, vermelha e branca) no topo do mastro – mas nesse caso é obrigatório apagar as luzes do convés.

Uma embarcação impulsionada pelo motor deve exibir, além das luzes de bordo (verde e vermelha), a luz de motoração (branca). Um veleiro impulsionado a motor deve seguir todas as exigências de um barco a motor, por isso, nesse caso, deve exibir a luz de motoração acima das luzes de bordo e alcançado.

Nunca acenda a luz de motoração abaixo da tricolor, no topo do mastro, porque isso está em desacordo com o Regulamento para Evitar Abalroamento no Mar (RIPEAM). Os veleiros que têm apenas a tricolor no topo do mastro estão em desacordo com este regulamento e podem ter problemas quando navegarem em águas com uma fiscalização mais eficaz.

As embarcações com motor a mais de 50 metros devem exibir, além das luzes de bordo e alcançado, duas luzes de mastro, sendo a de vante mais baixa que a de ré. Em alto mar, um navio é facilmente reconhecido pelas suas luzes de bordo e mastro.

No caso das embarcações de pesca de arrasto, é preciso exibir por sobre as luzes de bordo e alcançado, duas luzes circulares dispostas em linha vertical, sendo a superior na cor verde e a inferior na cor branca.

Os barcos pesqueiros que não são de arrasto devem exibir por sobre as luzes de bordo e alcançado, duas luzes circulares dispostas em vertical, sendo a superior vermelha e a inferior branca.

Depois de todas essas dicas, ficou mais fácil compreender o que é bombordo e boreste e a importância desses termos? Equipe seu barco com as luzes corretas e mantenha-o seguro. Veja os principais acessórios de navegação da Moto Oeste!

Posts relacionados

Um comentário em “O que é bombordo e boreste?

Deixe um comentário