Onde encontrar bateria para barcos e lanchas?

7 minutos para ler

A bateria náutica é muito importante para que os barcos e lanchas funcionem. É ela que fornece energia para ligar o motor do barco, acender luzes, usar painéis eletrônicos e também para itens básicos, como a sinalização da embarcação.

Por isso, é fundamental que você escolha a bateria certa para o seu barco, pensando em todos os itens eletrônicos disponíveis. Parece muito complicado? Siga lendo e veja as dicas que separamos!

O que é uma bateria náutica?

A bateria náutica é o equipamento responsável por fornecer energia à embarcação.

Ela pode ser uma bateria de motor, que fornece correntes altamente potentes em um breve intervalo de tempo, gerando força para o motor dar a partida ou bateria de serviço, gerando energia elétrica para iluminação e abastecimento de equipamentos como microondas, televisão, GPS, ar condicionado, refrigerador, ventilador e outros acessórios disponíveis na sua lancha.

A principal diferença é o tipo de corrente gerada. Enquanto a bateria de motor gera correntes potentes em um curto espaço de tempo, a de serviço gera correntes menores por períodos mais longos.

Bateria náutica e de carro são iguais?

A bateria náutica e a de carro têm funções parecidas, fornecendo energia para que o veículo ou a embarcação use. Porém, suas características são diferentes.

Por exemplo, enquanto a bateria de carro deve ser compatível, em termos de amperagem, para as necessidades do motor e do veículo, a bateria náutica é mais comumente encontrada em 2 modelos:

  • estacionária, com até 5 anos de vida útil e indicada para uso em embarcações menores;
  • ventilada, mais fácil de encontrar, porém que precisa de uma instalação profissional, com duração em torno de 3 anos, sendo indicada para barcos maiores.

Outro ponto que pode variar é em termos da energia gerada. A bateria automotiva pode ser encontrada em diferentes tipos de potência, medida em ampéres por hora. Em geral, a mais usada é a de 60Ah.

Já as baterias náuticas mais usadas são as de 150Ah, ou seja, uma bateria capaz de gerar mais que o dobro de energia de uma de carro.

Por isso, não tem como comprar uma bateria automotiva e usar na sua embarcação, ok? Além desses detalhes que explicamos, as baterias automotivas não são projetadas para suportar as condições de alta salinidade e temperaturas elevadas às quais barcos e lanchas estão expostos, o que implica diretamente em uma redução da durabilidade da bateria.

Como funciona uma bateria náutica?

O funcionamento da bateria náutica parece com a bateria automotiva. Isso porque ela também armazena energia para o funcionamento da embarcação. 

Assim, toda vez que você ligar sua embarcação, é a bateria que dará energia para o motor dar partida. Conforme o motor funciona, a bateria é recarregada automaticamente, da mesma forma que acontece com a bateria automotiva.

As baterias de lanchas com gerador permanecem carregadas porque recebem carga automática constantemente. Os barcos que não usam gerador precisam de um relé automático de carga (RAC) por segurança, para assegurar energia para a partida do motor (ou dos motores).

O RAC é responsável por separar as baterias do motor e de serviço, evitando que a do motor seja usada para alimentar os equipamentos a bordo e igualando o carregamento dos bancos de bateria na sua capacidade máxima.

Outra opção é usar um isolador. A vantagem do RAC, no entanto, é que ele faz a mesma função sem gerar calor no barco, consumindo pouquíssima energia e carregando todas as baterias com muito mais eficiência. Os isoladores, contudo, costumam ter preço mais acessível.

Se você quiser, poderá também gerenciar manualmente usando uma ou duas chaves gerais, dependendo da quantidade de bancos de bateria a bordo. Porém, essa prática exige mais atenção do piloto que precisa sempre desligar o banco de baterias quando o barco parar e ligá-lo novamente após a partida.

Como escolher e comprar uma bateria náutica?

O primeiro passo é analisar se você precisa de uma bateria de motor ou de serviço, pois, como vimos, elas são diferentes. Além desse ponto, é possível analisar outros detalhes que fazem a diferença. Confira quais são eles.

Sistemas adicionais

As baterias náuticas podem ter vários tipos de sistemas, um bem interessante é o Spiralcell que permite a recarga rápida, fazendo com que a bateria tenha uma vida útil duas vezes maior, sendo ideal para quem irá navegar por longos períodos.

Necessidade de carga

Analise, ainda, qual é a necessidade de carga do seu barco. Em geral, embarcações pequenas, podem ser alimentadas apenas com 1 bateria. Mas os barcos maiores podem precisar de mais de 1 bateria.

Verificar essa questão também é importante para evitar o excesso de carga, capaz de reduzir o tempo de vida útil da bateria.

Bateria parafuso com terminal olhal no cabo

Essa é uma dica interessante. Sempre que possível opte por uma bateria parafuso (que é mais robusta) e com um terminal olhal no cabo. Como as embarcações vibram muito, esse movimento pode acabar causando mal contato na bateria náutica.

O dispositivo do tipo parafuso com terminal olhal no cabo assegura um funcionamento mais tranquilo e uma vida útil maior, reduzindo as chances de mal contato e de problemas não só no equipamento, mas também no seu sistema elétrico.

Diferentes tipos de bateria

No mercado, existem vários tipos de bateria náutica – entenda qual é o ideal para suas necessidades e embarcação. A bateria estacionária (também chamada de ciclo profundo) é a que oferece uma quantidade constante de energia durante um longo período.

A bateria estacionária é a que possui placas de chumbo espessas e sofre muitas descargas, sem que isso afete sua vida útil. As baterias VRLA, Clean, Nobreak e Solar são tipos de baterias estacionárias.

Ainda existe a bateria ventilada que oferece mais economia, porque custa cerca de 30% menos, sendo resistente a altas temperaturas. Essa bateria, ainda, tem a vantagem de precisar de uma instalação comum, porque não tem o eletrodo imobilizado, com vida útil de até 3 anos.

Quais os cuidados básicos com a bateria náutica?

Além de escolher uma bateria adequada às necessidades do seu barco, é muito importante cuidar corretamente dela, assegurando um tempo de vida útil maior. Separamos algumas dicas essenciais que você precisa considerar:

  • ligue o motor da embarcação 1 vez por semana para carregar a bateria;
  • se o barco não ligar de primeira, aguarde alguns minutos para a bateria acumular energia e faça uma nova tentativa;
  • nunca use baterias automotivas, pois, como vimos, elas não são projetadas para suportar as condições e necessidades de uma embarcação;
  • instale a bateria náutica em um local ventilado, porque esse equipamento libera hidrogênio, que pode ser inflamável em locais fechados;
  • mantenha o carregador ligado para conectar e desconectar sua bateria durante a recarga;
  • verifique o nível de água, se for usar uma bateria de chumbo;
  • cheque a tensão de saída do alternador ou carregador da bateria a cada 6 meses;
  • realize a manutenção preventiva na sua embarcação, que pode identificar problemas, inclusive, na bateria.

Agora você já sabe tudo sobre bateria náutica? Na Moto Oeste você encontra diferentes carregadores de bateria portátil, assegurando que seu motor irá sempre funcionar, como o carregador portátil de 12V e o carregador para motores elétricos.

Posts relacionados

Deixe um comentário