barco adernado barco adernado

O que é um barco adernado?

4 minutos para ler

Dentro do âmbito náutico, existem vários termos que podem confundir os novatos. Um exemplo é o barco adernado. Em geral, o adernamento (ou adornamento) é a inclinação em graus de uma embarcação para um dos seus bordos (bombordo ou estibordo).

Quer entender melhor essa expressão e descobrir como melhorar a estabilidade da sua embarcação? Siga conosco!

Quando um barco está adernado?

Adernação significa inclinação. Então, dizemos que um barco está adernado quando ele está inclinado para um dos bordos da embarcação.

Se uma embarcação não tem qualquer adernamento, ou seja, não tem nenhuma inclinação no seu sentido transversal, então ele está aprumado. Aprumar ou trazer o navio a prumo é retirar o adernamento do barco.

Quando estamos navegando em poucas condições de vento, especialmente no caso de veleiros, um pouco de adernamento é importante, expondo uma superfície maior da vela ao vento, ajudando na navegação.

Contudo, se há uma boa condição de ventos, então o ideal é manter o barco aprumado, pois a inclinação excessiva fará com que haja uma área maior do casco submersa. Isso aumenta o arrasto e reduz a velocidade da embarcação, uma vez que a quilha perderá eficácia.

Além do adernamento, há outro movimento de inclinação de um barco, chamado de arfada. Esse é um balanço no sentido popa-proa por efeito de ondulação. Com mar formado, essa manobra pode ser bastante perigosa, pois quando aproado ao mar a popa poderá se levantar, fazendo com que o barco afocinhe e acabe capotando pela proa e até mesmo afundando.

Riscos de um barco adernado

Em um caso extremo de adernamento de um barco, por exemplo após uma manobra mal executada ou uma rajada de vento muito forte, há o risco de capotamento (quando o veleiro se deita na água e fica com o casco virado para cima).

Esse risco é maior nos veleiros ligeiros, já que os veleiros com quilha de aço ou de ferro são auto-reversíveis, ou seja, conseguem retornar à posição normal mesmo em casos extremos de um 360º.

O que é adernamento de carga?

O adernamento de carga nada mais é do que o tombamento de uma carga devido à inclinação do veículo que a transportava.

Fora do mundo náutico, podemos escutar várias vezes a expressão adernamento de carga, por exemplo quando caminhões acabam tombando ou inclinando e a carga acaba caindo.

Se a carga for um produto perigoso, um líquido inflamável ou outros materiais que merecem cuidado, o adernamento de carga é algo extremamente perigoso e que pode colocar a vida das pessoas em risco.

Como evitar o extremo adernamento de barco?

Como você viu, um barco adernado nem sempre é uma situação ruim, já que em condições de pouco vento, os veleiros, principalmente, podem se beneficiar de um pouco de adernação.

Contudo, quando essa inclinação é excessiva pode colocar em risco as pessoas dentro da embarcação. Nesses casos, é essencial compreender melhor sobre as noções de estabilidade de um barco.

A estabilidade transversal é a capacidade que uma embarcação tem de não embocar quando sujeita à agentes externos (como ondas ou rajadas de ventos), à agentes internos (concentração de pessoas ou de cargas em um dos bordos ou em conveses mais altos), à uma manobra brusca (como uma curva efetuada em alta velocidade) ou alguma avaria no casco que provoque o embarque de água em um ou mais compartimentos.

Assim, a estabilidade está diretamente relacionada à geometria do casco e à distribuição dos pesos na embarcação.

Na prática, quanto maior for a boca (largura) da embarcação, maior será a estabilidade transversal e quanto mais alto for o peso colocado, maior será o efeito prejudicial sobre a estabilidade da embarcação.

Quando um barco aderna por efeitos das ondas do mar e acaba permanecendo adernado (“dormindo”) ou demora muito para retornar a sua posição vertical, há claros indícios de que sua estabilidade está deficiente. O ideal é que o retorno do barco seja rápido.

Agora você já sabe o que é um barco adernado? Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as novidades do blog!

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Como posso te ajudar?